BLOG

Informativo para Educadores – Agosto 2017

* Esta é a íntegra da newsletter do programa “Deixe sua Marca”, enviada por e-mail aos educadores interessados em acompanhar mais de perto o trabalho do Ismart.

***

Apresentação

Caro professor, à medida que as etapas do processo seletivo vão acontecendo, a newsletter do nosso programa de relacionamento “Deixe sua Marca” traz dados e dicas para que os estudantes atinjam melhores resultados. Nesta edição, vamos falar sobre a prova presencial e dar orientações para a entrevista individual, a próxima fase para os candidatos que seguem concorrendo a uma bolsa no Projeto Alicerce ou no Bolsa Talento. Apresentamos ainda a professora Rosane Ferreira, nova embaixadora do Ismart no Rio de Janeiro. E nossa aluna Victória Luz, de Sorocaba, conta um pouco da sua rotina e da apresentação do seu Trabalho de Projeto de Vida. Boa leitura!

***

Tema do mês: Resultado da prova presencial

Entre 29 de julho e 20 de agosto, o Ismart aplicou a prova presencial do processo seletivo para cerca de 5 mil estudantes nas seis cidades em que atua: Cotia, Rio de Janeiro, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e, pela primeira vez, Belo Horizonte. Os estudantes responderam a questões de português e matemática e também fizeram um teste que mede o seu potencial de aprendizagem. Da prova presencial saíram duas listas: uma com 448 candidatos classificados para a entrevista individual (e que seguem concorrendo às bolsas de estudos), e outra com 648 candidatos pré-selecionados para o Projeto Ismart Online.

***

Você sabia?

Para que os candidatos possam se organizar melhor, o Ismart antecipou o prazo para preenchimento dos dados socioeconômicos. Desde 29 de agosto até 11 de setembro, os estudantes precisam acessar o sistema de inscrição (http://processoseletivo.ismart.org.br), preencher as informações necessárias para comprovação da renda e separar os documentos e declarações que deverão ser entregues posteriormente à equipe do Ismart. Mais informações aqui.

***

Dicas práticas

A entrevista individual é uma das fases do processo seletivo que deixam os alunos mais ansiosos. Separamos algumas dicas práticas para que os candidatos cheguem mais bem preparados para esta etapa:

– É importante manter a calma e mostrar ao entrevistador que conhece o Ismart e está motivado em fazer parte do projeto

– O candidato deve ir à entrevista acompanhado de um responsável maior de idade

– Caso seja necessário, o Ismart fornecerá ao responsável uma declaração para justificar a ausência no trabalho

– Uma vez que a entrevista esteja agendada, não há chance de remarcação; se o candidato faltar à etapa, será desclassificado do processo seletivo

– As conversas serão marcadas ao longo do mês de setembro, por meio dos telefones informados no sistema, e o resultado da entrevista individual sairá apenas em outubro.

***

Palavra da embaixadora

Durante o Encontro com Educadores da Rede Pública, o Ismart reconhece professores que têm se destacado na missão de divulgar o processo seletivo em suas escolas. No evento deste ano, uma das premiadas foi Rosane Ferreira, do Rio de Janeiro, que conquistou o título de embaixadora do Ismart. Abaixo, a diretora da Escola Municipal Ary Barroso conta como o colégio absorveu a cultura Ismart e como isso modificou o ambiente escolar após a aprovação de mais de 30 alunos no processo seletivo:

“Hoje utilizamos o Ismart como nossa bandeira de trabalho. Falamos sobre o projeto já no primeiro contato com os alunos, no 6º ano do ensino fundamental. Queremos que a cultura de dedicação aos estudos seja criada desde o princípio. Conversamos também com os pais, para que saibam dessa possibilidade. Podemos dizer que, agora, o perfil do aluno da Ary Barroso é muito semelhante ao perfil do aluno do Ismart. Pela postura, comportamento, dedicação, vontade de buscar conhecimento através de outros instrumentos.”

Leia o perfil completo de Rosane Ferreira

***

Rotina da aluna

Em julho, os bolsistas do 3º ano do ensino médio apresentaram o Trabalho de Projeto de Vida (TPV), ponto alto do programa de orientação profissional do Ismart. No TPV, o aluno deve justificar a escolha do curso superior e das faculdades para as quais se candidatará. Precisa, ainda, contar a uma banca avaliadora como a carreira escolhida permitirá que se alcance o projeto de vida, traçado após uma extensa pesquisa com acompanhamento próximo do time do Ismart. Nessa jornada, o aluno é aconselhado a conversar com profissionais e estudantes das áreas de seu interesse.

Foi isso que Victória Luz, aluna do Colégio Uirapuru, em Sorocaba, viveu no primeiro semestre. “Ao desenvolver o TPV, pude parar para refletir mais profundamente e com maior clareza a respeito de minhas metas para o futuro e meus sonhos. Também pensei em como, através do curso que escolhi, poderei me tornar uma profissional diferenciada e bem capacitada no mercado de trabalho”, conta. Com planos de estudar Engenharia Aeronáutica nos Estados Unidos, Victória conversou, por exemplo, com profissionais da Força Aérea Brasileira (FAB). Ela passou um dia na base aérea de São Paulo conhecendo as instalações, mecânicos, pilotos e engenheiros. “Adorei a visita, no entanto, saí com a certeza de que não desejo seguir carreira militar”, diz. Este contato também a fez refletir sobre as dificuldades que vai encontrar na área profissional, por ser mulher. “Este é um ambiente ainda muito patriarcal, então o TPV me ajudou a refletir sobre empregabilidade e me deu uma certeza maior de querer ir para o exterior, entre outros motivos, para depois voltar ao Brasil com um currículo e uma formação diferenciada.”

O Ismart acredita no talento individual e no poder transformador da educação

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.

Professor Estudantes Interessado no Ismart