BLOG

Informativo para Educadores – Outubro 2017

* Esta é a íntegra da newsletter do programa “Deixe sua Marca”, enviada por e-mail aos educadores interessados em acompanhar mais de perto o trabalho do Ismart.

***

Apresentação

Caro educador, o processo seletivo do Ismart está quase terminando! No momento, os candidatos às bolsas de estudos dos projetos Alicerce e Bolsa Talento participam da quarta etapa, a visita domiciliar. O resultado será divulgado em 16 de novembro, com a lista de classificados para a última fase: a dinâmica de grupo. Já os candidatos ao Ismart Online estão entregando os documentos de comprovação de renda.

Nesta edição da newsletter do programa “Deixe sua Marca”, trazemos informações e dicas práticas de como você, educador, pode ajudar os candidatos a se destacarem na dinâmica de grupo. Além disso, falamos um pouco sobre as atividades desenvolvidas pelo Ismart que trabalham as competências socioemocionais dos bolsistas. Por fim, apresentamos a rotina de Vagner Messias, aluno do 1º ano do ensino médio na Escola Eleva, no Rio de Janeiro. Boa leitura!

***

Tema do mês: Dinâmica de Grupo

Os candidatos que chegam à dinâmica de grupo, última etapa do processo seletivo de bolsas de estudos, já demonstraram seu potencial acadêmico no teste online e na prova presencial, e também apresentaram competências como autonomia, motivação e persistência na entrevista individual e na visita domiciliar. Na dinâmica, é hora de avaliarmos suas capacidades de interação e pensamento crítico. Os participantes são reunidos em grupos e devem desenvolver atividades em conjunto, elaborar projetos e argumentar sobre um tema escolhido pela nossa equipe. Nos anos anteriores, foram discutidos assuntos atuais e que se relacionam com a realidade de todos, como pacificação de comunidades no Rio de Janeiro, descarte de lixo, soluções para melhorias no transporte público e engajamento de jovens em atividades sociais.

***

Dicas práticas

É importante que o aluno chegue preparado para a dinâmica de grupo. Separamos algumas dicas práticas para que você, educador, o ajude nesta etapa:

– Neste ano a equipe do Ismart pretende desenvolver uma atividade que demandará dos candidatos uma pesquisa prévia sobre os nossos projetos e ações. Converse com o estudante sobre o Ismart e oriente-o nesta pesquisa. Informação é tudo!

– Coloque-o em contato com bolsistas do Ismart que já estudaram na sua escola. Saber a experiência de outro aluno é fundamental para uma preparação completa.

– Nos nossos site (www.ismart.org.br), página no Facebook (www.facebook.com/ismart.oficial) e canal no YouTube (www.youtube.com/ismartoficial) há vídeos que podem ajudá-los a conhecer melhor o Ismart e as histórias de vários de nossos alunos.

– Tranquilize-o. Assim como em todas as outras etapas, a calma é essencial para um bom desempenho na dinâmica.

***

Você sabia?

O resultado final do processo seletivo para as bolsas de estudos dos projetos presenciais (Alicerce e Bolsa Talento), e também para o Ismart Online, sairá no dia 14 de dezembro. As listas de nomes serão publicadas no nosso site e nas redes sociais.

***

Palavra da equipe Ismart

Oficina de STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, na sigla em inglês)

Desde o início do ano, os alunos do Projeto Alicerce nos colégios Objetivo e Santo Américo, em São Paulo, participam de um novo formato de curso preparatório. Além do acompanhamento acadêmico e aulas dos conteúdos formais com os professores das escolas particulares parceiras, os estudantes têm dois encontros semanais com a equipe do Ismart e são estimulados a desenvolver projetos com o objetivo de aperfeiçoar suas competências socioemocionais. Priscila Flores, coordenadora da área de Educação Básica do Ismart, fala sobre o que já alcançamos com essas turmas:

“Conseguimos observar que os alunos se desenvolveram especialmente nas habilidades de comunicação porque têm mais oportunidades de se exporem. Além, claro, de aprimorarem a persistência e o autoconhecimento, criando consciência do que gostam, quais são suas forças e fraquezas. Neste ano, durante as rodas de conversa, eles foram estimulados a fazer um sarau de poesia, uma simulação da ONU e um projeto ‘mão na massa’ para a criação de um protótipo com uma solução sustentável. Ao longo desse processo, criamos também um sistema de avaliação, no qual eles medem sua própria evolução em cada competência. Dessa forma, eles conseguem perceber onde precisam melhorar e, nós, onde devemos focar os esforços para ajudá-los a se desenvolverem.”

***

Rotina do aluno

Todos os dias o estudante Vagner Messias, de 16 anos, acorda bem cedo para ir de sua casa no Engenho Novo, zona norte do Rio de Janeiro, até Botafogo, bairro da zona sul onde fica a Eleva, escola em que estuda, com o apoio do Ismart, desde o início do ano. Ali, ele passa quase o dia todo, entre aulas bilíngues e o desenvolvimento de projetos. “É um colégio bem livre, que valoriza a integração entre os alunos e o trabalho com tecnologia. As salas de aula não são separadas em fileiras, mas em grupos, e somos estimulados o tempo inteiro a construir coisas”, conta. Um dos projetos desenvolvidos por ele foi a criação de uma tabela periódica para uma de suas colegas, que tem deficiência visual. “O professor de química deu a ideia e desenvolvemos uma tabela com texturas diferentes para cada elemento.” Com o sonho de estudar Ciência da Computação e trabalhar na concepção de games, ele exalta ainda a oportunidade de praticar o inglês. “Falamos livremente, na sala de aula e entre nós, alunos. Até a aula de educação física é em inglês!”

O Ismart acredita no talento individual e no poder transformador da educação

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.

Professor Estudantes Interessado no Ismart