BLOG

Missão #Conquista10: Uma rede voluntária, multiplicadora e inspiradora da comunidade Ismart

Partindo da crença que “Os bons exemplos têm efeito multiplicador”, hoje, nossa segunda semana comemorativa do “Mês do Voluntariado”, vamos falar de uma ação voluntária que os nossos bolsistas realizam anualmente: a Missão #Conquista10.

A ação surgiu dá ideia de que ninguém melhor do que nossos alunos para falar do Ismart e do processo seletivo. Por isso, os nossos bolsistas vão às escolas públicas divulgar, explicar, inspirar e tirar todas as dúvidas sobre a seleção Ismart.

Desde 2014, a missão #Conquista10 já nos rendeu grandes conquistas e em todos os anos vemos o aumento do engajamento na comunidade Ismart. Em 2018, os alunos visitaram mais de 500 escolas públicas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Anna Judith Carvalho, aluna do 2°ano EM,Colégio PH RJ, participa da missão e visitou 15 escolas, entre 2017 e 2018. Ela conta um pouco sobre o que é ser voluntária e de como foi a sua experiência na missão #Conquista10. <3

ISMART: O mês de agosto é o mês do voluntariado. No próximo dia 28, comemoramos o Dia Nacional do Voluntariado, mas o que isso remete a você? Se tivesse que correlacionar a ação com algum sentimento, qual seria?

ANNA: Me remete justamente àqueles que fazem sem querer nada em troca, que faz o bem por vontade própria e para ver o outro contente! É encantador ser um voluntário, seja qual for a causa que você ajuda. É lindo ver que o mais importante é auxiliar o próximo e sentir uma satisfação por ver alguém bem. Em uma palavra, para mim, seria solidariedade!

ISMART: O que te motiva a ser uma voluntária Ismart? Alguém, em especial, te inspirou? Ou alguma vivência?

ANNA: O que mais me motiva é a vontade de poder fazer algo por alguém e, de certa maneira, estar mudando e melhorando a sociedade! Eu sempre fui uma pessoa que tentava ajudar a todos. Falavam que eu tentava abraçar o mundo, o que seria impossível na realidade. Mas com essa vontade de revolucionar e ajudar, eu achei, nas ações voluntárias, uma forma possível de realizar esses desejos! Minha maior motivação foi a minha avó Judith que era determinada e fazia o possível para ajudar o próximo e melhorar tudo a sua volta!

ISMART: Como foi a experiência de visitar escolas para divulgar o processo seletivo do Ismart?

ANNA: Foi uma experiência renovadora e maravilhosa! A energia que eu recebia em cada escola era linda. Ver o quanto os alunos ficavam encantados pelo projeto, tinham vontade de entrar e desfrutar da ótima oportunidade que o Ismart oferecia e também o quanto eram atenciosos e engajados comigo, me deixava feliz e orgulhosa por estar sendo, muitas vezes, a ponte para que pudessem chegar ao Instituto. Contar minha experiência e inspirá-los é motivador para mim!

ISMART: Como foi a recepção ao visitar a sua escola de origem, Orlando Villas Boas?

ANNA: Foi ótimo e muito acolhedor, posso até dizer que mais fácil e mais tranquilo que visitar outras escolas! Tenho muita proximidade com a minha escola, a direção e os professores gostam muito de mim, até me cobravam para que eu visitasse mais a escola! Por eu já ter estudado no Colégio, consegui uma maior aproximação com os alunos e foi ótima minha visita. Se eu tivesse conseguido visitá-la ano passado, teria muito mais confiança nas primeiras visitas.

Leia também:  Confira, aqui, o relato do nosso universitário e mentor voluntário, Paulo Henrique Sousa, pela experiência de conhecimento e exercício de humanidade.

O Ismart acredita no talento individual e no poder transformador da educação

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.

Professor Estudantes Interessado no Ismart