Fazendo a diferença

Histórias de professores que sabem identificar alunos com talento acadêmico

Os educadores que tiveram alunos aprovados no processo seletivo do Ismart falam de sua relação com os estudantes e contam como identificaram o talento acadêmico.

Neste espaço do programa “Deixe sua Marca”, você encontrará a história de um professor que contribuiu para transformar a vida de um jovem talento ao indicá-lo para o processo seletivo do Ismart.

 

Maria das Graças Maia: a certeza que dedicação faz toda a diferença

Há 25 anos no município, a coordenadora pedagógica da Escola Municipal Governador Carlos Lacerda, Maria das Graças Maia, sempre teve como objetivo tratar seus alunos e dar oportunidades a eles como daria para meus filhos e se emociona com os resultados e crescimento dos seus alunos pela educação.

Saiba mais

Educadora Sueli Oscar e a aluna Maria Isabela Pereira

Maria Isabela conheceu o Ismart através da professora Sueli e, hoje, bolsista no Projeto Alicerce, em BH, não esquece da primeira pessoa que acreditou no seu potencial e incentivou sua inscrição no processo seletivo. Mesmo sendo um projeto novo na praça BH, Sueli aprovou 4 alunos no processo seletivo de 2017 e se tornou a primeira educadora a ganhar a Corujinha de Bronze na capital mineira.

Saiba mais

Os três destaques da educadora Atsuko Yamaguchi

Catherine Marques, Yuri Silva e Guilherme Ferreira são bolsistas do Ismart e acabaram de ser aprovados em universidades de excelência. Eles conheceram o Ismart enquanto estudavam na Escola Estadual Prof. Emygdio de Barros, em São Paulo, e guardam com carinho as lembranças de uma mesma professora que os apoiou incondicionalmente.

Saiba mais

Educadora Leila Carvalho e aluno Lucas Lourenço

Lucas Lourenço conheceu o Ismart na EMEF Professora Maria de Melo, em São José dos Campos, e participou do processo seletivo com o apoio da orientadora educacional Leila Carvalho. Engajada com o Ismart, a professora está sempre buscando novas maneiras de ajudar os alunos na busca por uma bolsa de estudo. E Lucas, à sua maneira, também.

Saiba mais

Educadora Marta Carapajó e aluno Gustavo Ferreira

Marta Carapajó assumiu a coordenação pedagógica da Escola Municipal Alcide de Gasperi, no Rio de Janeiro, em 2009, e já neste ano começou a indicar alunos para o Ismart. Gustavo Ferreira foi o primeiro aprovado e, desde então, a escola teve outros quatro estudantes classificados para as bolsas. Hoje Gustavo faz Engenharia na PUC-Rio.

Saiba mais

Educador João Sampaio e aluna Ana Beatriz Oliveira

Ana Beatriz foi indicada pelos professores e pelo diretor do CEU Emef Jaguaré, João Sampaio, para o processo seletivo do Ismart em 2014. Ela passou e hoje cursa o 1º ano do ensino médio no Colégio Objetivo, em São Paulo. Inspirada por bons exemplos da comunidade de bolsistas do Ismart, a estudante planeja fazer faculdade fora do País.

Saiba mais

Educadora Rosângela Silva e bolsista Karolyne Calheiros

Rosângela Silva (na foto, à direita) é a diretora da Escola Municipal Ary Barroso, no Rio de Janeiro, e em 2010 inscreveu a aluna Karolyne Calheiros (centro) na seleção do Ismart. Com apoio da diretora-adjunta Rosane Ferreira (à esquerda), Rosângela transformou a escola em um celeiro de talentos. Ao todo, 16 alunos da Ary Barroso são bolsistas do Ismart.

Saiba mais

Educadora Regina Baltieri e bolsista Michael Schardosim

Regina Baltieri ensinou matemática para Michael Schardosim no 6º e no 7º ano do ensino fundamental no CEU Emef Butantã, zona oeste de São Paulo. Para ela, foi fácil reconhecer o talento do aluno. “Eu promovia competições entre as turmas e ele sempre se destacava”, diz. “Ver onde ele chegou e onde ainda pode chegar é muito gratificante.”

Saiba mais

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.