Blog

Como nos filmes da Disney

24/07/13

* Por Gabriele Santos

Olá, comunidade ismart(i)ana!

Estudo no Colégio Santo Inácio, no Rio de Janeiro, e vou passar três semanas na Universidade Yale. Vou contar um pouquinho do que estou vivendo aqui para vocês!

Nosso crachá na Universidade YaleA experiência começou na ida, já que eu nunca tinha viajado de avião e tive de pegar três voos para chegar aqui. Isso mesmo, três voos! Demorei cerca de 15 horas para desembarcar no Aeroporto de Connecticut e ainda tive de esperar para pegar o ônibus e chegar a Yale. Apesar de todo o cansaço (eu não consegui dormir no avião, passei a noite em claro), o tempo de espera no aeroporto foi muito interessante. Comecei a conhecer algumas pessoas, fizemos dinâmicas que eu não conhecia, cantamos e jogamos alguns jogos muito legais! Depois de algumas horas, finalmente pegamos o ônibus e adivinhem: era aquele bus school amarelinho que nós vemos nos filmes. Eu me senti nos filmes da Disney naquele momento!

Finalmente, chegamos a Yale! Fizemos todo o procedimento de chegada, descobrimos os nossos colegas de quarto e nos arrumamos aqui. Observação: no meu quarto há quatro garotas divididas em duas suítes com uma sala em comum às duas. Minha colega de quarto é da Holanda e as outras duas garotas são dos Estados Unidos e da França. São quatro nacionalidades diferentes em um só quarto. É muito interessante estar vivendo isso.

Com duas colegas de quarto em frente ao nosso dormitório na Universidade Yale

Estou fazendo cursos de Escrita Persuasiva e também de Biomecânica de Esportes, e meu workshop é de Stage Combat. Falarei deles nos próximos posts.

Estou aqui há dois dias, mas sinto como se já tivesse passado um mês. Conheci pessoas de todos os cantos do mundo, especialmente venezuelanos (eles são um grande grupo aqui). Deu até para gastar um pouquinho de espanhol e aprender algumas palavras em alemão, por exemplo.

Uma das coisas de que eu já estou sentindo falta é a culinária brasileira. É tudo muito diferente aqui, sinto saudade do meu arroz e feijão no almoço e do meu café com pão francês no café da manhã. É muito estranho ver alguém almoçando hambúrguer e tomando café com salsicha, ovos, cereal, tudo junto na primeira refeição do dia. É realmente uma cultura muito distinta. Um fato que me chocou bastante foi quando eu recebi um centavo de troco. Ninguém nunca me devolveu meu centavo de troco no Brasil! Foi muito engraçado porque eu estava muito surpresa e meus amigos não entendiam o porquê, para eles isso é tão normal…

Fizemos um tour pela cidade e também joguei vôlei. Foi muito engraçado, havia pessoas de vários lugares diferentes jogando no mesmo time. Fiz vários amigos graças ao esporte.

Bem, este texto foi só para introduzir tudo que estou vivendo em Yale. Espero que vocês tenham gostado e se tiverem alguma sugestão ou algo que queiram saber, é só falar (nos comentários).

Uma boa semana a todos!

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.