Blog

West coast, here we go!

24/06/15

* Por Pedro Henrique Navarro

What’s up, ismartanos! \o

Primeiramente, gostaria de me apresentar: sou o Pedro Henrique, tenho 17 anos e sou bolsista do Ismart no Colégio Uirapuru, em Sorocaba, onde curso o 3º ano do ensino médio. Há dois anos tive a chance de vivenciar um summer program incrível na Universidade de Notre Dame, o iLED (caso queiram conferir, há alguns posts aqui no blog sobre como foi essa experiência). A ideia de se arriscar e agarrar o “cavalo selado” das oportunidades me trouxe novamente aos EUA, mas desta vez… STANFORD UNIVERSITY! Sabe aquela sensação de quando a ficha ainda não cai? Então. Foi exatamente assim nos primeiros momentos por aqui. Esse summer program é focado em um curso específico, durante três semanas, reunindo estudantes incríveis de todo o mundo! Farei um curso de Cosmologia e, nesses dois dias aqui, já pude sentir o quão intensa será a experiência.

Tudo já começou muito bem, em um voo de altas conversas com alguns americanos e uma argentina. No aeroporto de São Francisco, o pessoal de Stanford já se reunia, e as nacionalidades iam se misturando: brasileiro, venezuelano, colombiano, americano, chinês, sul-coreano, e por aí foi indo… Seguimos para a universidade. Lá, mais países apareceram: Paquistão, Índia, Taiwan, Turquia, Grécia, Espanha, Japão…

Pisar no câmpus de Stanford foi incrível e indescritível; a universidade dos sonhos, de repente, ali, na minha frente. Como diz um grande amigo ismartano, Gustavo Torres (que, por sinal, foi aprovado para fazer a graduação lá!): simplesmente ZIKA!

No programa, estudantes ficam separados pela universidade em clusters. Em cada cluster, há alguns residences, que são os dormitórios (ou dorms) onde ficamos. No meu dormitório, o Jerry, localizado no Lake Cluster, ficam os alunos dos cursos de Cosmologia e Ciência Ambiental. Apesar de “lake” (que significa “lago”, em português), não há lago nenhum: seco há anos, o que restou foi um campo, carinhosamente ainda chamado pelos alunos por Lagunita. Cada dorm foi decorado com algum tema; no caso do Jerry, Harry Potter (é o “Jerry Potter”, segundo a piada na porta).

A recepção dos alunos no primeiro dia foi insana! Apesar de ser um programa de verão, todos fizeram o possível para criar a sensação de como se estivéssemos de fato sendo alunos recém-admitidos de Stanford. Tivemos a chance de fazer um tour pela universidade e conhecer todo mundo que ia chegando. No segundo dia, tivemos nossas primeiras aulas – que são dadas por alunos formados ou doutorandos de várias universidades –, sessão de estudos durante a tarde (nada leves, por sinal, haha) e várias atividades de interação. Improvisamos um futebol à noite atrás do dorm, e bom: em termos de futebol, não represento muito o Brasil, não, haha.

Já falei muito nesse post, em breve continuo contando o que rolar por aqui. Com tanta gente incrível, tenho certeza que as histórias não param. Postem comentários, perguntas ou sugestões que tiverem!

Grande abraço, see you!

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.