Blog

Dica de livro: “A Elegância do Ouriço”, de Muriel Barbery

15/02/16

* Na seção #DicaDoAnalista, confira resenhas de livros sugeridos pelos analistas, profissionais da equipe do Ismart com formação em Pedagogia ou Psicologia que realizam o trabalho de desenvolvimento dos bolsistas da educação básica.

* Por Aline Coralim Azevedo Jardim, da equipe Ismart em São Paulo

“A Elegância do Ouriço” (Companhia das Letras), da francesa Muriel Barbery, é um livro divertido, inteligente e bem-humorado que nos faz refletir sobre os padrões socialmente impostos e o quanto somos capazes, ou não, de enxergar além das aparências. Além disso, nos faz pensar em diversos aspectos da vida e sobre a forma como encaramos o mundo.

Torna-se uma leitura imperdível tanto pela narrativa quanto pela forma como a autora aborda temas tão complexos e ao mesmo tempo tão presentes no nosso cotidiano de uma forma tão leve e bem escrita.

+ Leia um trecho do livro
+ Veja todos os livros indicados pela equipe Ismart

A história é contada por duas narradoras, ambas moradoras de um prédio de luxo em Paris. Paloma é uma menina de 12 anos extremamente inteligente, mas tenta ocultar isso de todas as formas. Por não encontrar sentido na vida, planeja o suicídio quando completar 13 anos. Michel é uma senhora de meia idade que trabalha como concierge e esforça-se ao máximo para corresponder à imagem clichê que os moradores do prédio – e a sociedade em geral – têm de uma concierge: mal-humorada, gordinha, feia e principalmente ignorante. Entretanto, por trás da aparência que esperam dela, existe uma mulher extremamente culta, que frequenta bibliotecas, lê Tolstói, Marx, romances russos e ouve Mozart, além de ter um refinado gosto para artes e cinema.

Mas como as pessoas só veem o que estão acostumadas, os moradores do prédio não enxergam a mulher por trás da concierge e ficam presos à ideia que uma mulher de baixa classe social não seria capaz de entender de filosofia e arte.

Paloma descreve a senhora Michel brilhantemente, dando inspiração ao título do livro: “A senhora Michel tem a elegância do ouriço: por fora, é crivada de espinhos, uma verdadeira fortaleza, mas tenho a intuição de que dentro é tão simplesmente requintada quanto os ouriços, que são uns bichinhos falsamente indolentes, ferozmente solitários e terrivelmente elegantes”.

Porém, a chegada de um novo morador ao prédio, Ozu, faz com que as duas narradoras repensem seus “disfarces” e seus papeis no mundo.

O livro mostra o ponto de vista das duas narradoras sobre os moradores do prédio e discorre sobre temas como preconceito, envelhecimento, solidão e filosofia. Faz diversas citações a outros livros e autores famosos que nos dão vontade de ir atrás desse conhecimento. Por isso, recomendo a leitura de “A Elegância do Ouriço”!

Livro_A-Elegancia-Do-Ourico

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.