Blog

Levanta a mão aí!

16/07/16

* Por Thiago Cruz

(ATENÇÃO: Este post é do dia 11 de julho.)

Thiago_Post_1 (1)“Câmbio, Thiago na voz: Dia 7. Universidade de Colorado em Boulder. Umidade do ar: 54%. Taxa diversão e aprendizado por dia: 100%. Câmbio, desligo”. Olha só que maneira inusitada de começar uma publicação de blog. Levanta a mão quem está com a criatividade a 100 por hora nessa viagem? Tente imaginar eu levantando a mão, texto dinâmico é comigo mesmo.

Desde a última publicação, tivemos um bocado de atividades: na sexta-feira, dia 8 de julho, fomos a um jogo de beisebol: Colorado Rockies contra os representantes da Filadélfia. Acredite, esse jogo pode parecer mais chato do que parece: são três horas de puro “Mas o que tá acontecendo agora?”; “Pera, por que foi ponto?”; “Ei, pede pro cara do hot dog vir aqui?”. Mas, no geral, você pode perceber que os americanos realmente amam essa tradição do beisebol. É quase como o futebol no Brasil para a maioria da população, e também o bom e velho patriotismo estadunidense prevalece nesse tipo de evento. A seguir você pode ver algumas das fotos que tirei no estádio:

No sábado, dia 9, não tivemos aula, para o alívio de toda a nação. Fomos às compras: nos levaram a uma rua bem famosa de Boulder para comprarmos algumas coisas, veja:

No domingo, dia 10, tivemos o verdadeiro descanso. Utilizei meu tempo pra estudar para o Toefl, que farei assim que chegar de viagem, e também pra fazer nossos homeworks das aulas daqui: adivinha quem tirou 90% na redação sobre memória? Se puder imaginar eu levantando a mão de novo, fico grato (não sei porque, mas adoro textos dinâmicos).

Thiago_Post_1 (14)A semana começou e tivemos aula como esperado, mas na tarde de segunda-feira, dia 11, tivemos um grande trufo: conhecemos o museu natural da universidade, e eu claramente aproveitei pra tirar foto de/com tudo que eu vi pela frente, e peço perdão pela careta na foto com o roedorzinho aí ao lado. Foi inevitável.

E também, depois dessa experiência incrível, fomos juntos à pista de patinação da universidade: eu aprendi a esquiar no gelo, após muitos tombos, e realmente fortaleci os laços com todos os meus amigos desse programa. Estou cada vez mais contente aqui, como podem ver claramente pelas minhas caras um tanto quanto inusitadas nas fotos, e pretendo curtir os dias restantes como se fossem os últimos! Se eu pudesse escolher, estudaria na CU Boulder com toda a certeza do mundo!

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.