Blog

Raio X – Giovani Costa

21/01/20

Nome: Giovani Costa

Idade: 18 anos

Vai pra onde? Eu vou estudar em Dartmouth Chemical Engineering.

O que você pensou quando recebeu o resultado?  Eu pensei em todos os momentos que eu me via dedicando para o application e, como, no momento que vi tudo o que eu o sonhava estava se concretizando.

Como se preparou para chegar lá? O processo de application requer, além de um bom nível acadêmico, um certo rigor sobre auto-conhecimento. Esse é o ponto que mais me assustava, já que, teoricamente, eu me conhecia. Então, escrever todos os textos foi uma tarefa bem árdua. Sobre a parte burocrática, eu tive muita ajuda: aulas de inglês com o Ismart, uma pessoa muito experiente na área, cursos preparatórios para provas e muito mais. Além disso, o meu colégio me ajudou muito! Eu conheci a minha faculdade no colégio e, foi através desses encontros, que me apaixonei.

O que você diria para os bolsistas novatos do Ismart? O sonho de estudar fora veio na minha primeira convenção :) Eu estava realizado! Meu maior sonho era estudar em uma boa escola e eu consegui! Para mim, os sonhos são bem importantes porque são eles que dão a energia para conquistar o objetivo. Assim, nesse dia, eu decidi “vou estudar fora” pois, nesse mesmo ano, alguns alunos Ismart tinha acabado de receber as aceitações. Claramente eu não sabia nada sobre isso… Para mim, eu teria que ser um pessoa extraordinária e eu um aluno regular (o meu Personal Statement foi sobre isso).

Com o Ismart, eu percebi que não, eu não era regular e que sim, eu deveria sonhar grande e lutar pelo aquilo que eu almejava. Com esses “superpoderes” do Ismart, eu tive asas, assim como a corujinha do Ismart, podendo alcançar os mais altos horizontes, tipo um específico: Hanover (onde Dartmouth é localizada).

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.