Blog

Raio X – Melissa Sayori

24/04/20

Nome: Melissa Sayori Mendes Yasunaka

Idade: 17 anos

Vai pra onde? Vou para Northwestern University estudar, principalmente, economia.

O que você pensou quando recebeu o resultado? Quando saiu o resultado eu estava em uma videoconferência com alguns amigos. Eu sabia que o resultado saia mais ou menos aquele horário, mas estava tentando controlar o coração e não criar grandes expectativas. Então, esperei até a chamada acabar para abrir o site. Quando abri, lembro que assim que li “congratulations” gritei “Mãeee, passeii”. Eu não estava acreditando, então enquanto minha mãe me abraçava eu fiz questão de ler várias vezes a carta para ter certeza que tinha sido aceita. Foi uma alegria que não cabia em mim. Eu mal podia acreditar que todo o trabalho que eu tinha colocado no application começava a dar os primeiros resultados de muitos que virão nos próximos quatro anos.

 

Como se preparou para chegar lá?  No meu ponto de vista, o application começa bem antes do terceiro ano. Afinal, todas as atividades do nono ao terceiro ano são consideradas. Depois de toda a dedicação e empenho nas extracurriculares e notas da escola, chega a hora de juntar tudo. Para me preparar para essa etapa, tive muita ajuda que foi essencial. Além do preparatório do ISMART e de toda equipe que me acompanhou, tive a chance de ter todo o apoio do PREP Estudar Fora, do Oportunidades Acadêmicas e também da BRASA. Meu colégio, o Bandeirantes, foi outro componente essencial durante todo o processo. Cada um desses contribui de alguma forma para que hoje eu pudesse tornar meu sonho de estudar fora uma realidade. Apesar de todo o apoio exterior acho que há muita dedicação própria também, pois autoconhecimento, protagonismo e disciplina são pontos chaves para o processo de contar sua própria história da melhor forma possível. 

 

O que você diria para os bolsistas novatos do Ismart? Para todos um novo ismartano (ou ismartiano), eu diria algumas lições que aprendi durante a minha jornada. São elas:
(1) Sonhe alto e se dedique de modo que se você conquistar metade daquele objetivo, ainda vai ser uma conquista enorme;
(2) Valorize sua jornada, tenha orgulho de seu caminho até aqui e de tudo que você já conquistou;
(3) Valorize as pessoas que sua jornada te permitir conhecer e fazer amizade –acredite quando digo que são comunidades muito fortes– inspire e seja inspirado dentro delas;

(4) Seja protagonista, tome atitude para por ideias em prática, correr atrás de prazos e aproveitar as oportunidades e ambientes que tem acesso para impactar outras pessoas.

 

 

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.