Blog

#DeixeSuaMarca – Fique por dentro da agenda da nossa formação em Altas Habilidades e Superdotação!

07/06/21

Pensando em contribuir com a capacitação de professores no tema altas habilidades e superdotação, o Ismart elaborou uma formação exclusiva em parceria com o ConBraSD. Confira a agenda completa dos nossos encontros!

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem cerca de 10 milhões de brasileiros com altas habilidades/superdotação, o que equivale a quase 5% da nossa população! Mas quem é professor sabe o grande desafio que é identificar esses alunos em sala de aula, não é mesmo?

Segundo a pesquisa “Superdotação e as dificuldades dos docentes em identificá-la”, comandada pela mestre em pedagogia Enilda Monteiro Pereira, 15% dos professores não sabem identificar alunos com altas habilidades/superdotação, e quase 20% não sabem como desenvolver as habilidades deles.

Foi pensando em dados como esse que o Ismart elaborou uma formação exclusiva em Altas Habilidades/Superdotação em parceria com o Conselho Brasileiro para Superdotação (ConBraSD). A ideia é capacitar os professores acerca deste tema tão importante, já que a identificação dessas pessoas ainda na escola pode influenciar, e muito, no potencial de suas habilidades no futuro. Você pode fazer a sua inscrição gratuita aqui!

Como falamos, o primeiro dia da formação aconteceu no Encontro com Educadores e foi ministrada pelas especialistas Cristina Delou e Christina Cupertino no nosso primeiro painel: Altas Habilidades/Superdotação: aspectos gerais e identificação em tempos de ensino remoto.

Nesta introdução da nossa formação, Christina Cupertino ensinou que as altas habilidades são um fenômeno multidimensional e complexo, que agrega o desenvolvimento cognitivo, afetivo, neuropsicomotor e de personalidade. Nesse sentido, não há fórmulas ou receitas para identificar essas pessoas, cada caso é um caso.

Para ela, a curiosidade do professor é um fator chave para que ele consiga identificar um aluno com altas habilidades:

“Curiosidade com relação ao conhecimento adquirido na área e com relação a cada criança que você imagina que seja ou não. Olhando aquela pessoa e tentando levantar a maior quantidade possível de dados: dos estilos, do jeito de ser, das coisas que ela faz bem, das coisas que ela não faz… Para que isso aponte, eventualmente, para a necessidade da gente usar alguns recursos mais estruturados para poder afirmar essas altas habilidades.”.

Já Cristina Delou falou sobre a importância da identificação de alunos com altas habilidades para a sociedade. Afinal, são esses alunos que, no futuro, podem se tornar cientistas de alto nível. Ela apresentou diferentes metodologias ativas que podem ser usadas no ensino remoto e que podem ajudar a identificar alunos com altas habilidades em tempos de EAD. Desta forma, é possível utilizar diversas ferramentas, como: redes sociais, vídeos do Youtube, etc.

“Ninguém precisa ficar o tempo todo numa folhinha de papel, a gente pode pedir para criança ver no Youtube um determinado vídeo e do resultado de assistir esse vídeo, vocês podem perceber se as crianças estabaleceram relações sociais com facilidade, se tiveram uma excelente capacidade de raciocínio, se apresentaram independência de pensamento, se fizeram um julgamento amadurecido. Então, vocês podem ver na prática pedagógica, por intermédio das ferramentas tecnológicas, as características comportamentais.”.

Se você se interessa por altas habilidades/superdotação e quer participar dos nossos próximos encontros, confira as datas e os temas das próximas aulas:

 

Formação 2: Altas Habilidades/Superdotação:  políticas públicas, encaminhamentos e possibilidades de atendimento

Data: 15/06

Responsáveis: Denise Arantes e Cristina Delou

Neste encontro, vamos apresentar possibilidades atuais de encaminhamento de alunos dentro da rede pública e orientar como registrar dados dos alunos identificados. Além disso, será um momento especial para troca de experiências com a implantação de salas de recursos e detalhar a atuação do Ismart junto às Secretarias de Educação.

 

Formação 3: Estratégias de desenvolvimento para estudantes com Altas Habilidades/Superdotação

Data: 10/08  – Dia Mundial da Superdotação

Responsável: Vera Pereira

Para celebrar o Dia Mudial da Superdotação, vamos apresentar estratégias para desenvolvimento dos alunos na rede pública.

 

Formação 4: O papel da família no desenvolvimento do jovem com Altas Habilidades/Superdotação

Data: 15/09

Responsável: Angela Virgolim

A família é a principal rede de apoio de alunos, por isso, vamos apresentar aspectos do contexto familiar que podem impactar no desenvolvimento do jovem com AH/SD.

 

Formação 5: Altas Habilidades/Superdotação na idade adulta

Data: 19/10

Responsável: Denise Arantes

É muito importante que jovens continuem se desenvolvendo ao longo da vida, por isso, em nosso último encontro, vamos apresentar características e principais diferenças entre adolescentes e adultos superdotados. Além disso, você verá como o Ismart atua com estes jovens adultos durante o Ensino Superior.

 

Contamos com sua presença em nosso Ciclo de Formação em Altas Habilidades/Superdotação! Temos certeza que nossos encontros poderão contribuir com sua jornada pedagógica, e as inscrições gratuitas devem ser feitas aqui.

 

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.