Blog

Biomecânica persuasiva

29/07/13

* Por Gabriele Santos

Nem dá para acreditar que já estou há uma semana em Yale! Nossos dias aqui são repletos de atividades. Temos café da manhã e check-in às 8h45 (o nosso check-in é parecido com uma chamada para ver se está todo mundo bem e recebemos algumas orientações também; ele é feito com nosso living group, isto é, o grupo das meninas, no meu caso, que mora nos quartos próximos ao meu). Temos vários check-in ao longo do dia e o último é às 23h, bem tarde!

Caderno da aula de Escrita PersuasivaVou falar um pouquinho dos meus cursos agora, Escrita Persuasiva e Biomecânica de Esportes. Para falar a verdade, ambos me surpreenderam, já que não foram minhas primeiras opções. O primeiro é bem interessante. As aulas são dinâmicas, e é ótimo para mim aprender recursos de argumentação que eu nunca tinha visto e, melhor, treiná-los em outra língua. A professora é muito divertida, então o que para mim seriam aulas maçantes se transformaram em uma atividade prazerosa. Analisamos textos, escrevemos os nossos e debatemos também.

Já o segundo curso é bem “exótico”. Quando percebi que estava inscrita nele, pensei que seriam aulas de educação física em inglês, porém elas são bem mais que isso. No curso, trabalhamos os movimentos de determinados esportes e, principalmente, as contusões que neles acontecem. O curso instiga nossa criatividade e também propõe muito trabalho em grupo. Por exemplo, em uma aula cada grupo pegou uma contusão muito comum no vôlei e tivemos de argumentar porque acontece aquela contusão, três soluções para ela e ainda debater por que aquela contusão era a mais comum no vôlei com outro grupo. E, ainda, criar um produto fictício que combata uma contusão do basquete e fazer um comercial para ele. Meu grupo fez sobre um tênis que te faz voar evitando as contusões no joelho, muito comuns no basquete.

Apresentados meus cursos, falarei dos eventos que temos à noite. Toda noite temos um evento principal e dois alternativos. Já fomos a um teatro para assistir a um grupo de dança chamado Phunk Phenomenon, que é muito sincronizado e animado, com beatbox e imitação de Michael Jackson e, claro, muito hip hop! Além disso, tivemos um baile de máscaras com direito a Ai Se Eu Te Pego (hahaha). Outro evento muito divertido! Visitei o Walmart e assistimos ao musical Pitch Perfect. E, por último, tivemos a noite de carnaval! Não, não era o carnaval brasileiro, e sim o americano, com algodão doce, muitos brinquedos – como aqueles infláveis que temos em festas infantis – e até aquelas tatuagens de mentira.

Mais uma vez tentei resumir algumas das muitas atividades que temos aqui. No próximo post vou falar das minhas viagens de final de semana, que, por sinal, foram MARAVILHOSAS! Até logo!

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.