Blog

Tempo amigo, seja legal

11/08/15

* Por Marina Sutija

Três semanas se passaram desde que o programa Explo em Yale acabou e eu ainda posso fechar os olhos e caminhar pelo câmpus até o Science Hill (onde ficavam os meus dois cursos), conversar e me divertir com amigos no Quad (um grande espaço entre os dormitórios do Old Campus) e ir tomar o sagrado café da manhã no Commons.

Durante as minhas três semanas em Yale pude conhecer outras duas universidades, a amada e idolatrada Brown e a delicada Fairfield, assistir a dois incríveis musicais da Broadway, “O Rei Leão” e “O Fantasma da Ópera”, andar pelas avenidas de Nova York e, de quebra, formar uma grande família. Com toda certeza, cada uma das meninas do meu living group e meus amigos me marcaram de uma forma diferente.

Lawrance 5, meu living group em Yale

Lawrance 5, meu living group em Yale

A experiência de ter aulas nos laboratórios de Yale foi simplesmente sensacional! Minhas duas professoras estão se formando na universidade, uma em Química e outra em Engenharia, e me ajudaram muito a explorar o curso que eu quero seguir academicamente, Engenharia Química. Finalizamos o curso de Química Ambiental com um projeto de tratamento de água acessível a comunidades pobres – apresentado em um festival chamado One World, no qual todas as turmas apresentavam seus projeto. No curso de Engenharia Sustentável, terminamos com o planejamento e construção de uma maquete de uma casa totalmente sustentável localizada no centro de Nova York (que, por sinal, ganhou o prêmio de melhor projeto! :D)

As pessoas? Nada frias. A comida? Nem tão ruim. Além dos estereótipos, não há absolutamente nada que eu mudaria sobre este summer. Ah, claro, só uma coisa: o tempo. Quem me dera ele fosse infinito…

Voltei para o Brasil, mas um pedacinho de mim ficou em Yale (ou vice-versa, ou quem sabe ambos). De qualquer forma, a certeza que fica é que eu fui transformada por esta experiência de uma forma que eu não esperava que fosse. Me sinto mais decidida, segura e aberta sobre os meus sonhos e aspirações.

Deixo aqui meu “obrigada!” a todos que me guiaram e apoiaram neste caminho de transformação e crescimento, em especial ao Ismart, aos meus pais e à professora Anelisa, que nos abraçou, apoiou e inspirou a cada sábado de manhã. Para mim, valeu muito, muito a pena.

'Group hug'!

‘Group hug’!

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades sobre o Ismart.