Skip to main content

Muhamed Ibrahim, nascido na cidade de São Paulo, mas carioca de coração, hoje mora na Barra da Tijuca na residência onde sua mãe atua como empregada doméstica. Atualmente, é nosso bolsista do Projeto Alicerce do Rio de Janeiro e possui um sonho grande: se tornar desembargador.

Com apenas quatorze anos, alterna seus estudos entre dois colégios; de manhã, estuda no Colégio de São Bento com a bolsa do Ismart e, à tarde, cursa o 9º ano na Escola Municipal Dom Pedro I.

Todo o mérito é resultado de muito esforço e dedicação para que no futuro consiga mudar não só sua realidade, mas o mundo, por meio da educação. No blog post de hoje, Muhamed conta como é ser um aluno Ismart, um pouco da sua rotina no Projeto Alicerce e o que o motiva todos os dias a conquistar seus sonhos.

Confira a matéria completa desse jovem talento, que também deixou dicas de ouro para quem está participando do Processo Seletivo!

Falando em Processo Seletivo, nossas inscrições foram prorrogadas até o dia 08/07 às 18h! Não perca essa oportunidade! São mais de 700 vagas para alunos do 7º ano. Inscreva-se pelo link: https://processoseletivo.ismart.org.br/

Vamos à entrevista!

 

Como você conheceu o Ismart?

Eu conheci o Ismart através das netas da patroa da minha mãe. Elas viram o projeto pelo Instagram, acharam uma boa oportunidade e comunicaram a mim e a minha mãe e nós aceitamos participar.

O que te motivou a participar do Ismart?

Uma das coisas que me motivou a participar do Ismart é o meu grande sonho de me tornar desembargador. Assim, acreditei que se participasse do Ismart, eu teria a oportunidade de estudar em um excelente colégio, com excelentes professores e ficaria assim mais próximo de alcançar o meu sonho.

Para me ajudar nessa caminhada, conto, desde o início, com o apoio da minha mãe, das netas da patroa da minha mãe e dos meus familiares.

O que você mais gosta no Ismart? 

O Ismart é uma instituição que preza muito pela disciplina e eu gosto muito disso. No mais, também gosto da convivência com os Professores e os outros alunos.

Como que imaginou que fosse o Ismart e como tem sido sua experiência? Como é a sua rotina?

No início, imaginei que minha rotina seria muito puxada, cansativa, e de fato foi. No entanto, eu sei que todo esse esforço valerá a pena.

E mesmo sendo uma rotina bem intensa, eu não estou sozinho. Tenho o apoio da minha analista Beatrice que me dá todo o apoio! Ela me ajuda a organizar os planos, faz as rodas de conversa mensalmente, e me ajuda em tudo o que eu preciso.

Quais são os seus maiores desafios?

Meus maiores desafios são a locomoção da minha casa ao colégio, e também o fato de estudar em dois colégios. Entretanto, como disse antes, sei que todo esse esforço valerá a pena e que não estou sozinho, eu e os meus colegas de turma, temos todo o apoio da nossa analista do Ismart.

Quais são suas perspectivas em relação à faculdade?

 Eu sei que na faculdade eu irei aprender várias coisas novas, e também será uma nova fase da minha vida. Eu quero estudar Direito na UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Como está sendo ser Bolsista do Ismart?

Ser bolsista do Ismart é uma honra, sempre estou aprendendo coisas novas, aprendendo novos idiomas e adquirindo, cada vez mais, novas responsabilidades.

Você teria uma mensagem final, com uma dica, para quem está fazendo o Processo Seletivo 2023 ?

Uma dica muito boa para vocês que estão participando do Processo Seletivo do Ismart é estudarem as provas antigas dos anos anteriores. Eu também indicaria vocês fazerem meditação antes das provas, porque isso ajuda a ficar mais tranquilo.

Quer conhecer mais histórias como a do Muhamed? Acompanhe nosso blog e não deixe de indicar ou se inscrever no nosso Processo Seletivo 2023! Acesse o link: https://processoseletivo.ismart.org.br/

Deixar comentário